NOSSAS

CRENÇAS ESSENCIAIS

“Em coisas essenciais, unidade; nas não essenciais, liberdade; em todas as coisas, caridade.”
– Rupertus Meldenius, 1627 d.C

Confessamos o Credo Apostólico

“Creio em Deus Pai, Todo-poderoso, Criador do Céu e da terra. Creio em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, o qual foi concebido por obra do Espírito Santo; nasceu da virgem Maria; padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; ressurgiu dos mortos ao terceiro dia; subiu ao Céu; está sentado à direita de Deus Pai Todo poderoso, donde há de vir para julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo; na Santa Igreja Universal; na comunhão dos santos; na remissão dos pecados; na ressurreição do corpo; na vida eterna. Amém.”


 

Como fruto de nossa confissão no Credo Apostólico, cremos:

Que há um só Deus, Criador e Senhor do universo, eternamente existente em três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo.

Salmo 90.2 — Gênesis 1.1,26, 27 — João 1.1–2–2Coríntios 13.14 — Efésios 1.13; 5.18

Que Jesus Cristo foi Deus encarnado, plenamente Deus e plenamente homem. Ele foi concebido pelo Espírito Santo, viveu uma vida sem pecado, ainda que tenha sido tentado em todas as coisas. Realizou muitos milagres, entregou a si mesmo para morrer na cruz em favor dos pecadores. Ressuscitou corporalmente dentre os mortos demonstrando seu poder sobre o pecado e sobre a morte. Foi visto por muitas testemunhas até sua ascensão à direita do Pai. Conforme sua promessa, Ele voltará novamente em poder e glória na concretização de seu Reino.

Isaías 9.6 — Romanos 1.3–4–1Coríntios 15.3–4 — Mateus 1.22–23 — Atos 1.9–11 — Hebreus 4.14–15 — João 1.1–5, 14–1Timóteo 6.14–15 — Tito 2.13

Que o Espírito Santo foi enviado à Igreja no dia de Pentecostes para exercer seu ministério presente, regenerando pecadores, habitando os crentes em Jesus, capacitando-os para viver uma vida piedosa e distribuindo dons a cada cristão para a edificação da Igreja.

Atos 1.8–1Coríntios 2.12; 3.16 — João 16.7–13; 14.16–17 — Efésios 1.13; 5.18 — Gálatas 5.25

Que a Bíblia é a Palavra de Deus, escrita por homens sob a inspiração e orientação divina. Ela é a única fonte infalível de autoridade em assuntos espirituais. Sua interpretação deve ser sempre à luz da pessoa e ensinamentos de Jesus Cristo.

2Timóteo 3.16–2Pedro 1.20–21 — Hebreus 1.1,2 — João 5.39 — Lucas 24.44–45

Que a Igreja é o Corpo de Cristo, a manifestação visível de sua presença na terra, composta de cada cristão regenerado e habitado pelo Espírito Santo. A missão da Igreja é adorar Jesus como Senhor e proclamar as boas novas de salvação a todos os homens, fazendo seguidores de Jesus em todas as nações.

Atos 2.41–47 — Romanos 12.5 — Efésios 1.22–23; 2.19–22 — Mateus 28.19–20

Que os mortos ressuscitarão na consumação dos tempos, tanto os salvos quanto os perdidos; os salvos para vida eterna e os perdidos para a perdição eterna.

Mateus 25.34–41 — João 5:28–29–1Tessalonisenses 4:16–17


 
SOBRE OS “NÃO ESSENCIAIS” DA FÉ CRISTÃ
(o que não está contemplado no Credo Apostólico).

“Aceitem o que é fraco na fé, sem discutir assuntos controvertidos. Quem é você para julgar o servo alheio? É para o seu senhor que ele está de pé ou cai. E ficará de pé, pois o Senhor é capaz de o sustentar. Assim, cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus. Assim, seja qual for o seu modo de crer a respeito destas coisas, que isso permaneça entre você e Deus. Feliz é o homem que não se condena naquilo que aprova.”
– Romanos 14.1,4,12,22

“Ainda que eu tenha o dom de profecia e saiba todos os mistérios e todo o conhecimento, e tenha uma fé capaz de mover montanhas, mas não tiver amor, nada serei.” 
– 1Coríntios 13:2

Shopping Basket